Nossa História

4 de agosto de 2018. Nesse dia o A.M.E. nasceu. Ainda como um sonho, uma ideia, um desejo. Tudo começou com uma visão clara do que precisava ser feito. Nossa fundadora, Shaila Manzoni, teve um sonho no qual se viu dentro de um presídio feminino cuidando de mulheres esquecidas. Nesse momento ela decidiu que AMAR seria o nosso único objetivo porque sabia que o Amor certamente encontraria um caminho.

(A.M.E. – Amar Mulheres Esquecidas)

E o Amor encontrou não só um caminho, mas vários. A primeira visita a um presídio só aconteceu em maio de 2020, mas a partir dessa primeira visita ideias foram surgindo e pessoas incríveis se aproximaram. Entre idas aos presidios, ações, doações e muitos desafios, iniciamos o processo para nos tornarmos uma associação sem fins lucrativos.

Nos tornamos uma organização social, criamos vários programas e demos início ao Recomeçar – programa de ressocialização. Tudo isso em menos de 2 anos.

Esse é só o início dessa história e queremos muito que você faça parte dela. Sabemos que não realizamos um trabalho considerado muito “bonito” e também sabemos que esse não é o trabalho mais “aceito”, mas, certamente, é um dos mais necessários.

Estamos em lugares em que a maioria das pessoas não gostaria de estar, lidamos com pessoas que a sociedade insiste em ignorar, mas fazemos isso por elas, por você, por todos nós. Todos querem viver em um país melhor, mais seguro e com mais oportunidades.

Existimos para amar e amar é dar as pessoas o que elas precisam, e não o que achamos que elas merecem. Porque o Amor não pergunta quem merece, mas quem precisa.

Elas precisam de nós!

O que começou com uma ideia, hoje é uma realidade. O Amor está gerando muitos frutos, mas precisamos multiplicar o que está acontecendo e para isso precisamos de você.

Esse não é um sonho apenas nosso, mas um sonho de todos.